top of page

O PSICANALISTA

O Psicanalista deve poder encontrar os caminhos de fluxo, os caminhos alternativos, as veredas, os atalhos.

Quebrar galhos, fabricar próteses psíquicas, tocar a alma, tocar o corpo, regar, cultivar, podar... Operar por básculas, passar entre, entre furos, instalar, desinstalar, alojar, desalojar...


Escutar o ritmo, o biorritmo, música, letra e versos... Reversos...


O Psicanalista fala!


O Psicanalista escuta!


O Psicanalista fuça!


O Psicanalista acompanha!


O Psicanalista sonha junto!


O Psicanalista se cala!


O Psicanalista se emociona!


O Psicanalista se equivoca!


O Psicanalista t’equivoca!


O Psicanalista evoca!


E voa!!!


Carlos Mario Alvarez

312 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1件のコメント


Um texto brilhante que consegue traduzir de forma poética o espectro de (inter)ação de um psicanalista. Adoro ver a psicanálise interagir e operar a linguagem!!

いいね!
bottom of page